Resenha: Filho do Fogo 1 e 2

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018


Faz algum tempo que li esses dois livros, mesmo assim resolvi compartilhar aqui a história e minha opinião a respeito deles.

Vamos ler a sinopse primeiro:

 Eduardo Daniel Mastral, um jovem curioso e inteligente, campeão de artes marciais, sempre esteve dividido entre o mundo natural e o sobrenatural. O desejo de experimentar o desconhecido e conhecer a Verdade acabou por leva-lo a um mundo reservado a poucos. Depois de escrever uma carta endereçada a uma Seita Satânica, com sede em São Francisco, Califórnia, acabou sendo procurado por um alto sacerdote do Satanismo no Brasil e foi apresentado a essa organização secreta com grande poder de influência global, cujo principal objetivo é lançar uma rede estratégica sobre as diferentes culturas mundiais a fim de prepara-los para o advento do anticristo. O jovem de dezessete anos mergulha na realidade dos adoradores do diabo, os Filhos do Fogo, e na antiquíssima prática do Ocultismo, a mesma que se aprimora desde os imemoriais tempos dos babilônicos, dos egípcios e dos druidas. Após alguns anos de dedicação estrema, Eduardo torna-se um feiticeiro da Alta Magia, compactuado por meio de sangue com os mais tenebrosos príncipes infernais, de quem recebe muito poder e a promessa de tornar-se um político influente. Cercado por pessoas de alto poder aquisitivo e grande poder de persuasão, a verdadeira nata da sociedade, e tendo a seu lado sua alma gêmea, Eduardo está convicto de ter encontrado o caminho da Verdade. Entretanto, ele esbarra em um homem que, contra todas as expectativas, não é derrotado diante dos mais poderosos encantamentos das Trevas, e insiste em continuar vivo.

Minha opinião:

Quando eu li na primeira vez o livro, não entendi muito bem o propósito a que foi escrito. Parecia que os autores “engrandeciam” demais a amizade e companheirismo dos membros da seita satânica, bem como os poderes dos demônios. Porém, após ler os livros até o final compreendi a perspectiva do autor, já que ele conta sua experiência dentro de uma seita satânica. A própria Bíblia diz Os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz. 
Lucas 16:8

E por várias vezes pude constatar isso no meio cristão, infelizmente. Há mais desunião entre os cristãos do que entre os satanistas. Digo isso por experiência própria, após mais de 20 anos de conversão.

Como estudo de batalha espiritual é muito válido a leitura dos livros, me fez entender mais profundamente como os demônios atuam no mundo espiritual, bem como as estratégias do anticristo para o apocalipse. Inclusive algumas dessas estratégias já foram confirmadas.

Recomendo a leitura dos dois livros, pois um é continuação do outro, se você se interessa por batalha espiritual.


 

0 comentários :

Postar um comentário