Entendendo o Apocalipse : Os sete selos

quinta-feira, 28 de junho de 2018


Quando se fala em Apocalipse, muitas pessoas sentem medo em estudar o assunto, mas ao começarmos a ler o livro vemos logo no início que há uma benção:

Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse 1:3

Nós precisamos conhecer a palavra de Deus, em Oséias 4:6 diz:

porque meu povo se perde por falta de conhecimento; por teres rejeitado a instrução, excluir-te-ei de meu sacerdócio; já que esqueceste a lei de teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos.

Veja a importância que Deus dá aqueles que estudam a biblia! Conhecimento é poder. Se você tem conhecimento, você saberá como se comportar diante das coisas que virão.

Eu quero começar alguns estudos bem simples,  que dê para qualquer pessoa entender um pouco sobre esse livro tão importante para os dias de hoje.

Nesse primeiro post vou começar explicando sobre os sete selos do Apocalipse.

1º selo

Quando o Cordeiro abriu o 1º selo, um ser na presença de Deus disse “Vem” e apareceu um cavaleiro montado em um cavalo branco. Ele tinha um arco e uma coroa e saiu para vencer (Apocalipse 6:1-2).

Este selo diz respeito ao Anticristo, aquele que sairá para lutar contra os cristãos. À primeira vista parece estranho essa parte do  "saiu para vencer", porquê aparentemente o Anticristo parecerá que está vencendo, mas no final do livro sabemos que o Cordeiro de Deus (Jesus) é que será o vencedor. Glória à Deus! 

2º selo

Outro ser na presença de Deus disse “Vem” e apareceu um cavalo vermelho. Seu cavaleiro tinha uma espada e causou lutas entre as pessoas (Apocalipse 6:3-4).

Esse selo diz respeito às guerras que acontecerão.

3º selo 

O terceiro ser disse “Vem” e um cavalo preto surgiu. O cavaleiro segurava uma balança e uma voz declarou o preço alto da comida nessa época (Apocalipse 6:5-6).

 Esse selo mostra a grande fome que existirá na terra, devido ao alto preço dos alimentos 

4º selo 

O quarto ser disse “Vem” e veio a Morte montada em um cavalo amarelo, seguidos pelo Hades.

Eles mataram um quarto da população da terra de várias maneiras (Apocalipse 6:7-8).


Esses quatros primeiros selos são conhecidos também como os quatro cavaleiros do apocalipse.

5º selo

Quando o 5º selo foi aberto, João viu as almas de pessoas mortas por causa do evangelho, que estavam debaixo do altar.

O altar era o lugar no templo onde se derramava o sangue dos sacrifícios. Essas pessoas tinham sacrificado suas vidas por amor a Deus.

Os mártires perguntavam a Deus quando Ele iria fazer justiça. Cada um recebeu uma veste branca e foi-lhes dito que esperassem mais um pouco, porque ainda havia mais alguns cristãos que iriam ser mortos por sua fé (Apocalipse 6:10-11).

6º selo

Um grande terremoto abalou a terra quando o 6º selo foi aberto. O sol escureceu, a lua ficou vermelha, estrelas caíram do céu e montanhas e ilhas se moveram. No meio dessa confusão, todas as pessoas na terra se esconderam debaixo da terra. Eles gritavam pela morte, porque a devastação era terrível (Apocalipse 6:15-16).

Entre o 6º e 7º selos há uma visão de pessoas fiéis a Deus sendo seladas, para sua proteção. O selo de Deus nas suas testas mostrava que pertenciam a Deus, tinham Sua proteção. 

7º selo

Quando o cordeiro abriu o 7º selo, durante meia hora houve silêncio no céu. Sete anjos receberam trombetas e outro anjo colocou um incensário com as orações dos santos junto do altar. O anjo encheu o incensário com fogo do altar e o lançou sobre a terra. Houve outro terremoto, trovões, relâmpagos e vozes (Apocalipse 8:3-5).

Os sete selos mostram o julgamento de Deus sobre a terra. Deus vai castigar a humanidade pelos seus pecados mas vai recompensar quem se mantém fiel e Ele. Os eventos dos sete selos são assustadores, mas existe esperança para o verdadeiro cristão, porquê o Senhor estará conosco até o fim dos tempos .

Fontes de estudo: <a href=https://www.respostas.com.br/o-que-sao-os-sete-selos-do-apocalipse/>Respostas.com.br</a>

 

0 comentários :

Postar um comentário